BI e a análise de dados: tome a decisão certa na sua instituição de ensino

 

Buscar maneiras de diversificar a receita é fundamental para a saúde financeira de qualquer empresa e isso não seria diferente na área de educação. Neste sentido, um dos passos importantes de uma instituição de ensino é a expansão física do negócio. A abertura de novas unidades é uma maneira de captar mais alunos e aumentar a receita.

 

Mas essa não é uma etapa que pode ser conduzida sem antes ter sido devidamente estudada. Afinal, a estratégia requer um alto investimento e, por isso, deve-se saber exatamente como seguir.

 

BI e a análise de dados

 

Uma das dificuldades encontradas pelos gestores na hora de dar continuidade a esse plano é a falta de informações. Qual a melhor região para construir a nova unidade? Vale a pena montar a estrutura próximo da atual para atender a demanda da região ou explorar um novo bairro ou cidade?

 

Pensando em obter essas respostas vale a pena conhecer os dados demográficos e também o perfil do público de cada localidade. Fazer essa análise de dados manualmente é quase impossível e ainda pode acarretar em erros e falhas na implementação da estratégia de negócio.

 

Sendo assim, você já pensou em considerar o uso de uma ferramenta de BI (Business Intelligence)?

 

Vantagens para o negócio

 

Com o uso de uma plataforma de Business Intelligence você passa a ter a possibilidade de cruzar os dados e fazer uma análise demográfica criteriosa, capaz de identificar, por exemplo, qual região carece de novas instituições de ensino, qual a idade média das pessoas que moram ali (crianças de ensino fundamental e médio ou adultos de graduação), mapear a distância entre a residência dessas pessoas e etc.

 

Outra vantagem é a possibilidade de realizar simulações de cenários. Por exemplo, se está sendo previsto que determinada região tem uma boa base de crianças entre 6 e 14 anos, já dá para saber que uma nova unidade neste local pode ser um sucesso para o ensino fundamental e, consequemente, para o ensino básico. Mas se a sua ideia é aumentar o número de alunos no ensino infantil, essa pode não ser a melhor área para investir.

 

Uma vez consolidada, as informações dentro do sistema de BI podem ser usada da maneira mais viável para cada tipo de escola, possibilitando um controle mais efetivo do ROI (Return on Investment) e permitindo mais flexibilidade e insumos ao gestor na tomada de decisão.

 

Dados num único dashboard

 

Com a plataforma de BI você pode desenhar e modificar diferentes painéis, com informações distintas e fazer isso de maneira rápida. Outro diferencial é a possibilidade de tornar a reunião mais dinâmica na hora de apresentar os resultados e utilizar recursos como o storytelling para posicionar a direção sobre as análises feitas.

 

Seu uso é tão intuitivo que qualquer pessoa na instituição de ensino pode utilizá-la para gerar relatórios personalizados e dashboards de BI dinâmicos e, assim, criar rapidamente visualizações, explorar os dados profundamente e analisar as oportunidades por todos os ângulos.

A solução não exige conhecimentos técnicos e permite aos usuários criar análises completas arrastando planilhas de dados até o aplicativo, além de usar o mecanismo de indexação para relacionar as informações.

 

Ao fazer a análise dessas informações você terá subsídios para definir a localização do novo negócio e atrair os alunos esperados. Aplique inteligência na análise dos dados e tome uma decisão acertada.

 

E sua empresa, já está fazendo uso do BI e análise de dados?  Deseja identificar o nível de gestão da sua empresa? Clique aqui e saiba mais!

 

Esse artigo foi publicado na Inteligência de Negócios 
http://blog.in1.com.br/

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

COMO GARANTIR A QUALIDADE DOS DADOS GERADOS NA EMPRESA?

July 30, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags